Criando uma rede de sites ou blogs com o WordPress Multisite

Publicado em 11/05/2013

Criando uma rede de sites ou blogs com o WordPress Multisite

Desde a versão 3.0 o WordPress traz nativamente a opção de criar ua rede de sites ou blogs – antes disso era necessário instalar uma versão específica do WordPress MU, que nem sempre funcionava tão bem quanto a versão “oficial”, e por isso muita gente até hoje tem um pé atrás quando se fala em criar vários sites numa única instalação.

Mas criar uma rede de sites ou blogs no WordPress tem muitas vantagens. É muito mais fácil de administrar plugins e temas, os usuários só precisam de um único login, na hora de atualizar para novas versões do WordPress você só precisa fazer isso uma vez…

A documentação no Codex sobre como criar uma rede é bem completa, mas a tradução para português não; como eu sei que tem um monte de gente que não entende inglês (ai ai ai hein, vão trabalhar com web e não entendem inglês, pelamordedeus ó vocês errados na vida!) fiz um passo-a-passo rapidinho aqui.

Vamos partir de um domínio com a versão mais recente do WordPress instalada. Obviamente o acesso por FTP vai ser necessário. Se o seu site/blog principal já tem algum conteúdo, faça backup de tudo antes de começar e desative todos os plugins instalados.

No seu arquivo wp-config.php, procure a linha que diz /* That’s all, stop editing! Happy blogging. */, ou /* Isto é tudo, pode parar de editar! :) */ se a sua instalação for em português. Acima dessa linha, acrescente o seguinte código:

/* Multisite */
define('WP_ALLOW_MULTISITE', true);

Atualize seu wp-config.php no FTP e atualize o painel do WordPress no navegador. Seu menu vai ganhar a opção Ferramentas > Instalação da Rede.

Menu Ferramentas - Instalação da Rede

Nessa nova página você vai escolher se sua rede de sites será organizada em subsites ou subdiretórios.

Subdomínios são site1.dominio.com e site2.dominio.com
Subdiretórios são dominio.com/site1 e dominio.com/site1

Isso pode ser alterado depois, mas se você vai escolher a opção de subdiretórios vai precisar de um registro de wildcard DNS. E vale lembrar que os diretórios não serão criados “fisicamente” no servidor, assim como os permalinks de cada post ou página também não é criado.

Ainda nessa página escolha os detalhes da sua rede – o nome dela e o endereço de e-mail do super admin, o usuário admin da rede inteira.

Se tudo deu certo, na página seguinte o WordPress vai te dar dois trechos de código que devem ser adicionados aos arquivos wp-config.php e .htaccess da sua instalação. No caso do código do arquivo wp-config.php, adicione acima da linha /* That’s all, stop editing! Happy blogging. */ ou /* Isto é tudo, pode parar de editar! :) */

Seu site não vai deixar de funcionar se você adicionar esse código em outro lugar, mas organização é uma coisa linda nesta vida ;)

Já no caso do .htaccess, você vai substituir tudo o que diz respeito ao WordPress por esse código novo.

Subiu os arquivos alterados pro servidor? Ótimo, então é só atualizar seu navegador novamente. O WordPress vai pedir pra você fazer login novamente (com o mesmo usuário e senha da instalação original) e você vai voltar ao painel administrativo novo.

Lá na barra de ferramentas vai aparecer a opção Meus Sites, e é por lá que você vai gerenciar a sua rede. Para utilizar mudar o layout dos seus sites você precisa antes ativar os temas na rede. Já os plugins são ativados individualmente em cada site – existem plugins específicos para a função de rede, como uma busca global em todos os sites por exemplo, e esses plugins sim devem ser ativados na rede – e você vai saber se é o caso na documentação de cada plugin.

Criados todos os sites, é hora de ativar os plugins em cada um deles, criar os usuários com suas devidas permissões e, se for o caso, importar o conteúdo.

Apesar de cheia de detalhezinhos, a criação de uma rede de sites ou blogs no WordPress é simples. Se você gerencia vários sites dentro de um mesmo domínio vale bastante a pena perder 15 minutinhos pra fazer essa mudança na sua instalação e economizar muito tempo gerenciando os sites depois.

O Smashing Magazine, que usa esse tipo de instalação, tem um artigo ótimo sobre multisites, chamado WordPress Multisite: Practical Functions And Methods. Recomendo a leitura.


Leia mais sobre WordPress,


3 comentários para “Criando uma rede de sites ou blogs com o WordPress Multisite”

Deixe um comentário




Seu e-mail não será publicado